Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

12/11/2019 13:02 - Varejo e atacado geram mais de 20 mil empregos em São Paulo

Em preparação para o período de final de ano, os setores do comércio – varejista e atacadista – e de serviços em São Paulo geraram, no mês de setembro, 27.721 empregos formais. Foram 296.820 contratações ante 269.099 desligamentos.

No total, os dois setores fecharam o nono mês do ano com estoque de 10.192.080 vínculos trabalhistas, o melhor resultado desde 2014 para os meses de janeiro a setembro.

 

Os dados foram divulgados no dia 8 deste mês pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

“Foi consolidado o processo ainda existente de recuperação de vagas formais no comércio e em serviços. Isso, porque houve aumento do consumo das famílias, o que permitiu ao empresário ampliar o quadro de funcionários diante do aumento da demanda, reflexo da inflação controlada, queda dos juros e crédito menos custoso”, disse, em nota, a entidade.

 

O levantamento da FecomercioSP analisa o nível de emprego do comércio varejista, atacadista e de serviços por meio de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged).

 

FGV revela tendência negativa na geração de novas vagas

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e que visa antecipar tendências do mercado de trabalho ficou em 85,8 pontos em outubro. O índice também foi divulgado no dia 8 e registra o menor nível desde maio deste ano. A queda foi de 1,3 ponto em relação a setembro, quando estava em 87,1 pontos.

 

– Icec: confiança do comércio cresce em outubro

– Vendas do varejo crescem em setembro, segundo a Cielo

 

Segundo a FGV, a queda mostra a dificuldade de “uma reação mais robusta do mercado de trabalho”. O IAEmp, que tem uma escala de zero a 200 pontos, é calculado com base nas expectativas de consumidores e de empresários da indústria e dos serviços numa combinação das pesquisas Sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor, também medidos pela FGV.

Em outubro, a indústria foi a principal responsável por puxar o índice para baixo.

 

Desemprego

Esta dificuldade do mercado em absorver mão de obra é observada no Indicador Coincidente de Desemprego ICD, também divulgado pela FGV. O índice subiu 0,1 ponto, atingindo 93 pontos. O nível histórico deste indicador, desde 2005, é de 84,2 pontos.

 

Neste caso, o índice é calculado com base na opinião dos consumidores sobre a atual situação da falta de emprego. O ICD também tem uma escala de zero a 200 pontos, mas, diferentemente do Iaemp, o resultado melhora quando cai e piora quando cresce

 

 

Fonte: eMobile

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

11/12/2019 19:27 - IGP-M na 1ª prévia de dezembro sobe 1,83%, ante 0,08% na 1ª de novembro, diz FGV
11/12/2019 19:26 - Comércio varejista registra a sexta alta consecutiva em outubro
09/12/2019 18:14 - Média de juro do cheque especial fecha 2019 menor que no início do ano
09/12/2019 17:41 - Cade Aprova Compra da Marba pela Seara
09/12/2019 17:38 - Fim de semana da Black Friday cresceu vendas em 9,9%
09/12/2019 17:21 - Mercado aumenta estimativa de inflação e de crescimento da economia em 2019
06/12/2019 17:34 - Feijão sobe mais do que carne em um ano, mas impacto na inflação é menor
06/12/2019 17:26 - Inflação de serviços passa de 0,19% em outubro para 0,20% no IPCA de novembro
06/12/2019 17:18 - Caixa libera saque do FGTS para não correntistas nascidos em setembro e outubro
06/12/2019 13:17 - Inflação alta em novembro gera dúvida sobre redução de juro pelo Copom

Veja mais >>>