Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Sustentabilidade

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Sustentabilidade

31/07/2019 12:13 - Plástico: agora o canudinho

Em 13/03/2012 publicamos, neste mesmo jornal, nosso artigo “Sacolinha e fraude”. Logo após a polêmica da sacolinha nos supermercados da cidade de São Paulo. Estamos de volta ao plástico na cidade. Que está sendo espalhado pelo país. E, como sempre por aqui, da maneira mais errada possível.

 

Agora é a vez do pobre canudinho de plástico. Que junto com a sacolinha é considerado o grandes vilão da destruição do planeta e da má qualidade de vida.

 

Eita Brasil, até quando vai essa hipocrisia?

 

Se a esta altura alguém já está pensando que somos a favor da sua manutenção e da destruição do planeta, pode “tirar o jegue do sereno”. Também queremos um planeta limpo e saudável.

 

Então qual o problema com a sacolinha e o canudo? Nenhum. O problema é com o restante do plástico. Aqueles que ninguém ousa mexer. Em que a coragem está dormindo debaixo da cama. É a “Santa Cretinice da Mentira Oculta”, da famosa “Igreja da Vantagem”.

 

Contra a garrafa de tereftalato de polietileno (PET), com consumo extraordinário, não se fala ou faz absolutamente nada. Ninguém esbraveja. Talvez porque o povo seja a parte fraca, e as grandes companhias de refrigerantes e os governos das várias esferas a parte forte. É apenas conjectura, não estamos pensando nada (sic).

 

A sacolinha provocou uma drástica redução instantânea de custos dos supermercados. Aumentando ainda mais seus lucros. Sem contar que passaram a vender sacolinhas, aumentando os lucros. Bem Brasil, não é?

 

E ainda obrigam o consumidor a comprar sacos para colocar o seu lixo. Do que? Plástico, claro. E os sacos de lixo irão para o aterro sanitário, exatamente como as sacolinhas. E com o mesmo estrago, ou maior, considerando a sua espessura. E, claro, valorizando mais o aterro, já que custam mais (sic).

 

E, como dissemos, as garrafas PET continuam ai, pelo menos até ontem (sic), reinando de forma absoluta. E também as demais mercadorias vendidas a nós diariamente, que estão em plásticos. Por exemplo, os salgadinhos em geral, estão embalados em plástico.

 

Se não nos enganamos muito, os detergentes também têm embalagens plásticas. E muitos outros produtos de limpeza, como o álcool, limpa-vidros, lustra-móveis, etc. etc. O papel higiênico vem embalado em plástico. O nosso jornal é entregue em casa em um saco plástico, embora a assinatura de jornal não seja a maioria. Mas usa plástico. Serve para o jornal não se espalhar, não molhar na chuva – embora molhe com o “cuidado” que certos entregadores têm (sic).

 

Há uma infinidade de mercadorias cuja embalagem é plástica, e ainda não vimos ninguém vociferar contra elas. Nem criar leis para eliminá-las. Pior é o desrespeito à nossa inteligência. Todos começaram a achar que o consumidor é débil mental. Devemos ser mesmos, para aceitarmos tudo isso.

 

Está claro a todos que a questão não é ecológica. É puramente financeira. Não se está pensando no meio ambiente, no futuro do planeta, como já mostramos. Todos estão pensando em seus próprios bolsos. Que é tudo que se faz no nosso Brasil. Inclusive, claro, e certamente, esta volúpia sobre a destruição do planeta talvez não passe de terrorismo.

 

Temos visto muita bobagem ser dita sobre isso. A solução não será a educação? A punição a quem poluir?

 

Fonte: DCI

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

12/09/2019 11:48 - Usar sacolas retornáveis pode render fila preferencial em PG
11/09/2019 11:12 - Projeto de lei quer acabar com as sacolas plásticas em Santos
10/09/2019 11:45 - Lei proíbe uso de canudos de plástico em estabelecimentos comerciais de Campina Grande
10/09/2019 11:36 - As apostas no varejo sustentável
09/09/2019 11:37 - Dispositivo identifica se o lixo pode ser reciclável
29/08/2019 11:38 - Supermercados catarinenses adotam ações sustentáveis e aliviam aterros
27/08/2019 11:15 - Canudos de macarrão ganham força como alternativa ao plástico
26/08/2019 12:11 - Uso de canudos sustentáveis reduz problemas no ecossistema
22/08/2019 12:01 - Boas práticas reduzem desperdício de fluidos refrigerantes em supermercados
19/08/2019 11:42 - Na Espanha, Carrefour troca saquinho de frutas por sacos de algodão

Veja mais >>>