(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Alerj aprova projeto que proibe novos radares de velocidade em áreas de risco 20/04/2017 11:15:00

Devido ao clima de insegurança e ao aumento da violência na capital, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou hoje (19), em segunda discussão, projeto de lei do deputado Dionísio Lins (PP) que proíbe a instalação de novos radares de velocidade próximo a áreas consideradas de risco. A proposta seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que deverá sancionar ou vetar a medida em até 15 dias úteis.

 

O texto considera áreas de risco “aquelas cujas comunidades são mapeadas e conhecidas por serem de alto índice de violência e confronto armado em vias urbanas”. O projeto também estabelece que o Executivo, em conjunto com os municípios, realize um estudo para retirar, de forma gradual, os radares já instalados nessas áreas, sem que a ação gere prejuízo a possíveis contratos com empresas que administrem os dispositivos.

 

De acordo com Dionísio Lins, “em algumas regiões do estado, a população fica sem saída: se para, corre o risco de ser assaltado, e se avança, pode ser multado. Então é importante garantir ao cidadão que ele não seja multado e perca pontos na carteira ao exercer seu direito de ir e vir nessas áreas”, avaliou o parlamentar.

 

Edição: Amanda Cieglinski

 

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

 

 

Fonte: Agência Brasil (19.04.2017)




Clipping Portal ABRAS


 

Últimas

» Receita testa inteligência artificial em julgamentos 24 de Abril 2018, 11h49
» Ausência de carta de preposição em audiência não acarreta revelia e confissão de empresa 24 de Abril 2018, 11h47
» Reclamante ausente à audiência é condenada ao pagamento de custas 24 de Abril 2018, 11h46
» Temer sanciona lei que eleva pena para roubo com uso de explosivos 24 de Abril 2018, 11h45
» Primeira Seção define em repetitivo que DNIT pode aplicar multas em vias federais 24 de Abril 2018, 11h44
» Penhora de direitos do devedor em contrato de alienação fiduciária independe de anuência do credor 24 de Abril 2018, 11h43
» Quarta Turma aumenta honorários com base no limite percentual mínimo obrigatório do novo CPC 24 de Abril 2018, 11h40
» Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado 24 de Abril 2018, 11h39
» Plenário vota medidas provisórias nesta tarde 24 de Abril 2018, 11h28
» Governo decide editar decreto para regulamentar pontos da reforma trabalhista 23 de Abril 2018, 11h49

Ver mais »